quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Coisas que eu não percebo...

Nunca vou perceber as pessoas que compram cães. Eu sempre tive cães em casa, mas acho que era incapaz de comprar sabendo que há tantos cães a precisar de uma família... há pessoas que têm e dão, há associações que têm para adopção, há cães abandonados... há infinitas opções para quem quer ter mais um membro na família... gastar 500 ou 600 euros num animal, para mim, é um absurdo, não só porque esse dinheiro dava-me imenso jeito para outras coisas, mas porque acho desumano fazer-se negócio à volta disto. Deveria ser mais um elemento da família e não um objecto qualquer que se vai escolher para ver como fica no meio da decoração.
Pode ser um bocadinho exagerado, mas eu penso assim...



6 comentários:

*C*inderela disse...

só comprei um cão na minha vida mas não foi nenhum balúrdio. os restantes animais foram dados, adoptados e resgatados da rua. concordo contigo, para quê gastar dinheiro quando há tantos a precisar de um lar e na sua maioria são ainda mais fofinhos com os seus donos. eles sabem que foram ajudados!

Dina disse...

Concordo plenamente!!

Elix disse...

Penso exactamente como tu e costumo comentar isso em casa, palavra por palavra sem tirar nem pôr.

Simple Days disse...

Também penso assim...
Não tenho cães, tenho gatos e passa-se o mesmo... Os meus 4 amiguinhos são todos adoptados... E todos os animais que poderei vir a ter será nessas condições... Não consigo dar dinheiro por animal, quando há tantos a precisar de carinho e que não nos fazem gastar dinheiro.

Beijinhos,
Alexandra

http://smpldays.blogspot.com/

Joana disse...

Concordo inteiramente contigo. Revolta-me muito ver alguém a dizer que tem de "comprar" um cão, quando há tantos canis e associações a abarrotar e a pedir todas as ajudas possíveis para encontrar adoptantes. É uma realidade muito triste. Mas sabes que provavelmente os cães que escolheste para ilustrar o post foram mesmo criados para serem vendidos e fazerem parte desse negócio... :(

M.M. disse...

Joana é verdade... provavelmente estes caes que ilustrei são criados para serem vendidos, mas por exemplo, o meu caozinho há muitas pessoas que pensam que é de uma determinada raça mas é rafeirinho... a mae dele realmente era dessa raça mas ele não é :) foi-me oferecido pelos donos quando era bebe e não o trocava por nada.