terça-feira, 29 de março de 2011

segunda-feira, 28 de março de 2011

Das indecisões...

Que roupa hei-de vestir amanhã?

Os opostos realmente se atraem?!

Nunca fui muito de concordar com a máxima de que os opostos se atraem... Duas pessoas completamente diferentes até se podem interessar e, pelas diferenças, se entusiasmar com a relação, mas acho que ao fim de algum tempo as diferenças vêem à tona e acabam por ir desgastando a relação... eu gosto mais de praia e ele de neve. Eu gosto de comida vegetariana e ele é um carnívoro incurável. Eu compro roupa na Zara e na Mango e ele na Gant e na Sacoor. Eu gosto de gastar dinheiro em roupa e viagens e ele é caseiro e um autêntico Tio Patinhas... são apenas alguns exemplos de situação que, mais cedo ou mais tarde, podem dar cabo de uma relação. E se numa amizade as coisas são fáceis de gerir, quando se fala de namorados o caso muda de figura... Faz-me impressão casais de namorados que são tão diferentes tão diferentes que passam a vida a discordar e mesmo assim insistem no relacionamento e avançam para o casamento... cada vez mais estou mais crítica e exigente no que respeita a homens e amizades. Não me satisfaço com qualquer um. E quando pensava que não existia ninguém no mundo capaz de preencher a minha (pequena cof cof)  lista de requisitos eis que aparece aquele rapaz alto e espadaúdo na minha vida. O meu namorado é o melhor do mundo. Lindo. Simpático. Sempre sorridente e animado. Com uma vida que não lembra ao menino Jesus mas é um rapaz feliz. Um lutador e o meu herói. Admiro-o mais que a qualquer pessoa na vida. Somos iguais. Nas prioridades. Na maneira de ser. No feitio. Estamos juntos à 2 anos e nunca tivemos uma discussão feia. Há quem defenda que não discutir é mau sinal numa relação, mas no nosso caso não há mesmo motivo por que discutir... de tão iguais que somos estamos sempre de acordo. No filme preferido a ver no cinema. No programa que escolhemos para aquele dia. Ele vai jogar à bola, eu vou para o café conversar. Eu vou ao ginásio e ele vai jogar Playsation para casa dos amigos. É o meu melhor amigo. O meu confidente. A minha vida.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Não querendo parecer indelicada...

Custa-me aquelas pessoas que têm 20 anos e 7 de namoro... Faz-me impressão na alma, as pessoas que não conhecem mais mundo além daquele! Não acredito (que me desculpem as pessoas que vivem estes amores) mas não acredito que um amor adolescente possa ser o amor da nossa vida... aquele perfeito! Até podem ser namorados aos 15 anos, mas depois, por favor!, conheçam outras pessoas, vivam e sofram outros amores e, se no final das contas, o primeiro era realmente o AMOR, óptimo! Voltem a correr para os braços um do outro e sejam felizes para sempre! Mas certamente que já serão pessoas mais maduras, com outra perspectiva sobre as relações.

Não quero defender que as pessoas devam andar por aí à maluca com uns e outros, não é isso! Mas conhecer outras pessoas para se poder encontral o tal. Não sei como me explicar melhor, mas sei que alguns me entenderão...

quarta-feira, 16 de março de 2011

terça-feira, 15 de março de 2011

Nem dança nem sai da pista

Na semana passada vi um rapaz que me chamou a atenção... giro giro que só ele. Com barba de 3 dias (os rapazes com barba de 3 dias sempre me fascinaram) e com um blusão amarelo flurescente do INEM. Estava sentado numa esplanada de Lisboa e olhou fixamente para mim. Eu, ingenuamente, retribuí o olhar. Era perto de minha casa e não demorei quase nada, pelo que, quando regressei ele ainda lá estava... sentado no mesmo sítio. Continuou a olhar e eu sorri... Vi o rapaz a chamar o empregado e a pedir a conta. Com medo de me cruzar com ele, andei mais rápido e enfiei-me dentro do prédio. Vi que o pobre do rapaz vinha atrás de mim (um blusão do INEM não passa facilmente despercebido). Com o maior descaramento possível, fiz olhinhos ao rapaz e depois fugi. Não queria conhecê-lo... só queria sentir-me poderosa, naquele sentimento de "conquista" sem que ela se concretize. Aqueles instantes em que vamos na rua e vemos que a pessoa nos acha graça. Gosto desses instantes. Mas gosto mais do meu namorado e por isso fugi do rapaz do INEM. Já nem me lembro bem da cara dele... só do blusão amarelo, mas sempre que passo naquela esquina olho para a esplanada na esperança e medo de o voltar a ver...

Aquisição do mês

É um bebé lindo, que tropeça nas orelhas e tens uns olhinhos para lá de meigos... estou apaixonada!!

sexta-feira, 11 de março de 2011

Os próximos dias vão ser aqui...

Agora vou só ali fazer as malas porque os próximos dias serão aqui...

Inspiração para o outfit de amanhã

Adoro as roupas da Blair... sempre! Amanhã vou mais ou menos assim :)

quinta-feira, 10 de março de 2011

"Os rapazes vão ter simpatia, e as raparigas inveja de mim!"

Inquietam-me as raparigas-mulheres que, pura e simplesmente, não gostam de se arranjar, não têm prazer em se produzir nem a preocupação de se sentir bonitas. Preocupam-me as pessoas que passam por um espelho sem se olhar (nem que seja meio de esguelha) para ver se estão despenteadas ou com a saia levantada. Preocupam-me as mulheres que não têm paciência para ir às compras e vestem qualquer coisinha. E não estou a falar daquelas que qualquer coisinha lhes fica bem. Depois há as outras, as que fazem o esforço para se produzir, mas ficam sempre pirosas, com ar vulgar ou do gueto. Mas pelo menos tentam. Podem ter mau gosto, mas esforçam-se por andar giras... e se calhar até andam, dentro do género delas. Mas são as outras que me preocupam. Aquelas que vestem sempre preto, castanho e azul. Sempre o mesmo tipo de sapatos. Nunca arriscam. Fogem da Zara como o diabo da cruz. E por mais que pense não consigo perceber o que faz alguem sair de casa naquele estado, todos os dias. Não percebo a motivação de uma mulher que não gosta de se arranjar!
Pode parecer um post fútil, mas no fundo acho que estas pessoas se sentem vazias por dentro... tão vazias que já nem olham para elas próprias.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Constatação do dia...

Hoje é isto! Ver a primeira temporada de rajada...

O meu mais fiel pensamento

Eu também quero falar do Festival da Canção

Não sei o que acho mais deprimente... se os tais  Homens da Luta concorrerem, passarem à fase de votação ou serem eleitos pelo público para representar o nosso país. É só isto que tenho para dizer.

Constatação do dia...

Sou uma pessoa preconceituosa.
[E diz isto baixinho e com vergonha, a ver se ninguém me ouve]

O que hoje vai passar no meu leitor de DVDs

Eu sei que até pode ser um bocadinho para infantil e que os desenhos animados foram feitos para as crianças, mas este é lindo lindo e eu não lhe resisto!! :)


sexta-feira, 4 de março de 2011

O que é que eu hei-de fazer a isto?

Preciso urgentemente cortar o cabelo... mas queria fazer-lhe algo diferente, sem mexer na cor. Gosto da minha cor natural e sempre que vou a um cabeleireiro novo me perguntam se é natural ou se tem madeixas... é natural meus queridos, aqui é tudo natural! :)
Ando a pensar fazer uma franja... apetece-me! Mas como às vezes uso óculos não sei se fica muito bem!! Ai... o que é que eu faço?!


quinta-feira, 3 de março de 2011

terça-feira, 1 de março de 2011

A-do-ro!

Com os primeiros raios de sol vem também o desejo de ir à praia e a esperança que as férias cheguem rápido!! Enquanto a época balnear não se avizinha, vou sonhando com estes aqui... Amo de paixão!